Quantas visitas!!

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Um ano depois...

Nem posso acreditar que deixei passar quase um ano sem postar nadinha. Pura preguiça!

Minha princesa já tem três (quase quatro) aninhos. Este ano ela foi pra escolinha e amou desde  o primeiro dia. É uma criança adorável e obediente. Inteligente e tem uma memória incrível. Não dá trabalho pra ninguém, raramente fica dodói. Na escola, ela é uma das maiores e mais velhas de sua turma, pois completa quatro este ano, enquanto alguns coleguinhas acabaram de fazer três!

Desde que passou a dormir em sua caminha, só fez xixi duas vezes. Há pouco menos de um ano não usa mais fralda. Dorme bastante e come bem. Tem poucas restrições, mas como qualquer criança, tem suas "frescurinhas" na hora de almoçar. Não come milho nem cenoura ou abóbora se estivem visíveis no prato (come amassada e misturada no feijão e nem percebe). Gosta muito de carboidratos: arroz, macarrão, mandioca, batata... Está com 17kg.

Gosta de filmes como Nemo, Madagascar, Garfield, Toy Story (sempre o preferido), e do desenho Caillou. Já conhece bem a tecnologia dos joguinhos infantis para tablets, mas não deixo que ela jogue demais. Seus jogos, em geral, são os de fazer bolo.

Está se desenvolvendo muito bem. Nas últimas férias, visitamos a dentista amiga da mamãe. Ela até deixou ver os dentinhos depois de uma tatuagem de borboleta e um balão. Antes disso, aqui em nossa cidade, ela havia passado por uma experiência traumática na minha dentista, pois tivemos que segurá-la durante todo o procedimento e no fim, a massinha caiu, pois ela não parava de cuspir. Hoje ela já fala de ir na tia Sorri (amiga dentista) bem tranquila. Só não sei se ela vai mesmo ficar tranquila na hora. Será daqui pouco mais de um mês. Médico e remédio também deixaram de ser um bicho de sete cabeças. Depois que ela teve uma febre e garganta inflamada, em março, uma médica passou um remédio bem ruinzinho, mas depois de muito drama e confusão, conversei sério com ela e disse que havia comprado o remédio para o seu bem, que tinha utilizado um dinheiro que nem deveria gastar para ela poder ficar boa logo, então ela teria que tomar. Depois disso, a vida mudou da água pro vinho. Já o médico, ela ainda corre de consultórios e hospitais, assim como alguns adultos, mas em sua última visita, ela deixou a médica examiná-la com mais calma, abriu a boca e tudo. Já é uma moça.

Nas próximas férias, visitaremos a praia novamente e ela não vê a hora. Já disse que quer uma roupa de praia (da última vez, há quase dois anos, ela não ficou nem um minuto com o maiô e passou o tempo todo sem roupa nenhuma). Todos os dias pergunta se vamos à praia.

Ela ama seus avós e tios. Sempre que vamos a Porto Velho é uma alegria sem fim. Sempre rodeada de muito amor e presentinhos, é claro. Desde sorvete e morangos até roupas, sapatos e brinquedos. Quem não se alegraria?!

O que me deixa mais feliz além de toda a saúde, esperteza, carinho e amor que ela tem, sei que ela conhece e teme a Deus. Isso é o que mais vale!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Que bom te ver por aqui. Adoramos receber suas mensagens. Volte sempre!