Quantas visitas!!

sábado, 15 de junho de 2013

Mãe culpada? Sou eu!

Bebê dormiu. A coloco na cama e vou namorar o pai, afinal, era dia dos namorados né...
minutos depois, talvez até tenha se passado uma hora, ouço um ploft, seguido de um choro crescente. Corro pra pegé-la, tinha caído da cama. Digo ao pai pra ver se machucou alguma coisa e a boca começa a ficar toda ensanguentada. Demos um banho e ela ficou mais calma. Graças a Deus só cortou o lábio, mas ficou tão inchado, que eu chorei de tão culpada. Ainda bem que ela não perdeu o apetite, pois qualquer machucado na boca me tira a vontade de comer.

O resultado da queda


No dia da vacinação, a supermãe aqui esqueceu o cartão de vacina no trabalho, pois estava junto com os atestados médico que tive que encaminhar para abonar as faltas. Sobrou pra babá ir vaciná-la durante a semana. Até imagino o escândalo pra tomar a gotinha, a babá quase não conseguiu segurar a superbebê!

E quando ela prefere ficar com a babá do que com a mãe?! Tem como se sentir pior? Ainda bem que ela nunca mais fez isso... Mas era bem comum, inclusive um dia antes de viajarmos, ela fez o maior escândalo pra não deixar a babá. #ciúmedemãe.

E as novidades?!

Depois de várias semanas numa tosse sem fim e dez meses da última consulta, enfim uma ida à pediatra. 
 - Anita está ótima, crescendo bem, com 82cm e 12kg e uns quebrados (não lembro quantas gramas).... Vou continuar com a complementação de vitaminas e ferro... (que vergonha, a Anita não toma e nunca tomou esses remédios) e é isso.
Aí eu penso: nenhum remédio pra tosse?

Dois dias depois vamos á outro pediatra, que disse que ela tava com o peitinho um pouco cheio e a tosse poderia ser de alguma alergia. Passou três remédios, um xarope, um anti-alérgico e outro nem sei de quê. Só sei que era pra ela tomar esses remédios por 25 dias (xarope+anti-alérgico por 5 dias e o outro por 20 dias), mas quem disse que a Anita tomou?! Acho que demos por uns três dias, mas os escândalos na hora do remédio eram tão intensos, ela vomitava tudo, além do pouco que vinha comendo. Parei. Além disso, assim que tomava o anti-alérgico, ela ficava meio tonta, quase que desmaiando. Enfim, agora ela já está bem, mas, como sua babá voltou a ficar gripada, Anita voltou a escorrer o nariz. Nada demais.

Agora vamos aos avanços:

  • Fala mamãe e papai claramente e sabe quem é a mãe e quem é o pai. Antes chamava os dois de mãe.
  • Quando termina de comer, leva o que sujou pra pia.
  •  Abraça e beija que é uma gostosura!
  • Ama aquela pipoca doce de saquinho. Aliás, ama pipoca.
  • Me defende de todas as maneira. Quando grito "São Lê!" (o apelido dela), ela vem correndo "me salvar".
  • Quando finjo chorar, ela vem me consolar. Um dia chorei de verdade e ela foi um amor, fazendo gracinhas pra eu rir, me dando um paninho pra secar as lágrimas... Uma fofa.
  • Come muito bem, é só o que ouço da babá. Quando em casa, ela fica louca quando me vê colocando a comidinha no prato, querendo comer logo.
  • Não liga tanto pro DVD da Galinha, mas gosta dos produtos. Na última ida a Porto Velho, estavamos numa loja quando ela avistou uma sandália da "Popó" e queria porque queria, mas não tinha seu número. Ainda bem que encontrei em outra loja, pois só assim ela voltou a calçar sapato. Até então ela não queria mais ficar calçada. Segundo a babá, quando vê aqueles catálogos, tipo Hermes, nunca passa da página da "Popó" e fica brava se pegam dela.
  • Preciso dizer que ela aprendeu a falar "Popó"?!
  • Depois do banho, vai direto na gaveta de calcinhas, escolhe uma e tenta vestir. Outro dia fomos buscar o pai no trabalho e depois ao mercado e ela foi sem fralda. Chegou sequinha em casa e assim ficou por mais uma meio hora, até tomarmos um banho. Posso dizer Desfralde à vista?!
  • Ela já não faz mais tanto xixi na fralda e quando está sem, rara, mas raramente faz.
Talvez tenha esquecido alguma coisa, mas... é isso, Ah, está com 1 ano e 7 meses agora!
Passeando no Shopping