Quantas visitas!!

segunda-feira, 30 de abril de 2012

Seis meses!!

 Filha,

Hoje completastes SEIS meses! Como estais grande e esperta! Ao acordar, já trouxe alegria pro nosso dia com o teu sorriso. Passou o dia bem, alegre, saudável... Mas não foi só isso. Foram SEIS meses!

Lembrei de quando você nasceu, numa segunda à tarde. Lembrei das dores insuportáveis, da fome que eu tava, do seu pai sempre ao meu lado... Das primeiras horas contigo fora da minha barriga, ali do meu ladinho. Chorou tanto, e eu te acamei. Lembrei de quando chegamos em casa, de quando te enrolávamos em dois cobertores pra dormir. E você foi crescendo...

Lembrei de quando teu avô te pegou no colo pela primeira vez, tu já tinhas dois meses, foi quando vi teus primeiros sorrisões. E quando te levei pra vacinar, você tava rindo pra mim quando de furaram e imediatamente começou a chorar e chorou tanto, e eu te acalmei.
Lembrei das muitas noites que acordei pra te amamentar, te fazer dormir e te amamentar mais uma vez. Por vezes você fez bagunça em plena madrugada, mas eu nunca deixei de te amar. Lembrei de quando chegamos nessa casa, há um mês, você sorrindo pra todas as paredes, como se já soubesse que esse era o nosso novo lar, onde você continuaria tendo tudo pra ser feliz e é! E você foi crescendo...

Você já rola pra todo lado, fica em posição pra engatinhar, faz manha de todo tipo. Quer nossa atenção 24 horas, é super apegada conosco. Sorri pra todo mundo, mas também tem dias que não quer saber de ninguém desconhecido. Tem uma coordenação motora incrível, adora  sucos e papinhas e hoje, no seu "meio aniversário", provou seu próprio bolo. Só quer comer sozinha e faz o pai passar raiva. Fica muito manhosa quando quer dormir, não tem quem segure. Dorme a noite inteira há algumas semanas e nos surpreende todas as manhãs com o sorriso mais lindão do mundo. Adora se olhar no espelho e tem uma gargalhada muito gostosa. Gosta de brincar com os pés, é louca pra comer o "pão da vida" (a Bíblia").

Seu pai e eu só temos do que nos orgulhar! És uma criança linda, forte, amável, saudável, feliz, amada acima de tudo. Todos se alegram com a tua presença. Imagino que nossos familiares lá da casa da vovó Nery e do vovô Martinho sintam muito a tua falta, assim como sinto a falta deles. Mas um dia eles hão de entender, tenho fé em Deus e oro por isso todas as noites. Desejo logo em breve poder visitá-los, mostrar pra eles o quanto você está grande e esperta, o quanto estás linda, saudável, bem cuidada. Quero que eles amoleçam seus corações quando te vejam e esqueçam toda a mágoa e rancor, porque tu tens a capacidade e enternecer qualquer coração duro (como o da tua avó Nery, por exemplo).

Sabe a tua avó Lúcia, que mora com a tua tia Gabi, lá no Amapá? Ela diz que olha suas fotos todos os dias, de manhã, de tarde e de noite. Elas te amam tanto, mesmo a distância e quero que muito, mas muito em breve você possa conhecê-las, assim como nossos outros familiares que também moram pr'aquelas bandas.

Enfim, meu amor, nesses seis meses vivemos tudo o que  nem nos meus sonhos mais mirabolantes imaginava viver. Você está mais esperta a cada dia e eu se eu pai ficamos mais e mais orgulhosos. Saiba que o nosso amor por você nunca será diminuído e que em cada oração pedimos para que Deus possa nos dar sabedoria para te mostrar os caminhos certos. Desejo que você continue crescendo em sabedoria, estatura e graça e nos trazendo mais alegrias todas as manhãs.

Com todo o amor que houver nessa vida, Mamãe e Papai.

Provando o bolo

sexta-feira, 27 de abril de 2012

E o casamento?

Cadê a Prim??
   Hoje, 27, faz um mês que nos mudamos. Parece muito mais. Tanta coisa aconteceu. A Anita só progrediu. Assim que chegou aqui, sorriu pra tudo enquanto eu chorava, melhorou em 100% a qualidade do sono - pra felicidade do casal; É muito sociável, muito feliz. Logo no primeiro fim de semana nos surpreendeu rolando na cama. Essa semana ela só acordou durante a noite uma vez (acho que é porque tava bem frio e ela tava sem uma meia), e um dia quando a colocamos no berço pra tirar uma foto engraçada ela simplesmente colocou as mãozinhas na grade e subiu. Eu e Vi com ficamos com cara de abestados. Enfim, só coisas boas aconteceram.
   Agora, uma coisa boa, mas muito boa mesmo, foi nós termos criado um laço familiar muito forte através do culto familiar. Queremos ensinar e repassar os valores da família pra nossa pequenininha. Fazemos orações e estudo bíblico pela manhã e ao cair da noite. Agradecemos pelas refeições e oramos antes de dormir. Pedimos que Deus abençoe o nosso lar, a nossa família, os nossos familiares e amigos sempre.
   Claro que já tivemos uma discussão aqui, outra ali, mas nada grave, nada que pusesse nossa relação à prova. Também já senti saudade dos meus familiares, mas continuo achando muito melhor tudo o que estou vivendo agora. No começo senti muita culpa por ter saído de casa em toda aquela circunstância, mas me alivio nas orações e conversas. Outra coisa que me deixa mais calma é ver que a Prim se adaptou muito bem aqui, continua saudável e muitíssimo feliz.

E quando vamos nos casar "de verdade"?
Quando tivermos dinheiro pros "papéis", alianças, comemoração, etc. Mas se nos perguntarem, diremos que somos casados. Nos documentos só podemos oficializar como "união estável". O que já nos deixa bem feliz.

Em três dias nossa princesinha completa SEIS meses! Vamos comemorar!!
:*

terça-feira, 24 de abril de 2012

Novidades da semana

Hora do banho
  

Anita ganhou um apelido: Prim (de Priiiiincesinha). Só chamamos ela assim, agora. E tudo vira uma musiquinha com Priiiincesinha, Prim Prim Prim!
   A Prim tá bem, bonita gostosa, cheirosa, feliz da vida, vive dando gritinhos e gargalhada, quer toda a atenção o tempo todo. Quando estamos no computador ela faz manha pra chamar atenção e se não  a atendemos, chora ressentida.
  


Domingo, uma surpresa gostosa: Anita acordou chamando pela "mama mama", passou o dia me chamando de "mama", só chora "mama mama", que manhosa! A maravilha das maravilhas é que ela está dormindo a noite toda já há alguns dias. Essa noite eu tirei a forra de todas essas noites mal dormidas e  dormi feito uma pedra. Também no domingo ela teve uma febrinha. Tinha dado um suco pra ela, só que tava forte e ela vomitou tudo, depois veio a febre. Culpa! Culpa! Culpa! Dei paracetamol, a febre baixou, mas tive que repetir a dose seis horas depois. Quando ela dormiu, às nove, já estava sem febre e agradecemos a Deus por isso. Ela acordou bem e alegre. Ah, e durante a noite ela sempre se vira pra ficar de bruços.
Estrelinha que apagou na hora da apresentação na Igreja
  Hoje fiz papinha de batata e cenoura com caldinho de feijão e a Prim raspou o prato sem tanta melequeira! O pai ficou maravilhado, pois sempre é ele quem fica todo lambusado.

Depois de um longo período, me parece que os dias vermelhos voltaram. Como assim, me parece? Eu já tava meio desconfiada há algumas semanas, semana passada eu tava me estressando com tudo... Daí que eu me deparo com um pequeno sangramento no domingo à tarde. Tudo bem, fiquei até feliz. Sinal que o DIU funciona e não seremos pais de novo. Tá. Mas já se passaram dois dias e o sangramento continuou o mesmo, só um resíduo, como no fim do pós-parto. Estranho. Estaremos de carro nos próximos dias e marcarei com a enfermeira que me acompanhou no pré-natal o mais breve possível. 
E a vida de casados? Vai muito bem, obrigada! Não poderíamos estar melhor. Já tivemos alguns conflitos sim, como todo casal, mas a paz reina neste lar. A classificação final do concurso do Ministério Público saiu na semana passada e continuamos firmes e fortes em 1º e 3º lugar. A convocação deve sair até o fim de maio e oramos todos os dias pra que saia o mais breve possível. Então estaremos de malas prontas pro interior.
   Ah, eu vou sentir saudades, é claro. Mas é bom dar um tempo, deixar as coisas se acalmarem. Hoje faz quatro semanas que nos mudamos/casamos e ainda não voltei na antiga casa. Já falei com uma de minhas irmãs por telefone (por iniciativa dela, vale ressaltar), e com outra pelo Facebook, mas fica naquela mesmice de "Oi, tudo bem? E a Anita?", fim de papo. Uma delas até disse que viria aqui trazer minha sobrinha pra ver a Prim, pois elas eram muito apegadas, mas ficou na promessa.
Prim no JA (Culto Jovem)
   Sabe de uma coisa que me deixou feliz e eu não comentei antes: Meu pai agora faz a oração na hora do almoço. Antigamente nós não almoçávamos na mesa, retomamos esse costume no ano passado. Depois que fomos embora, minha irmã disse que meu pai passou a fazer a oração de agradecimento e sempre fala em nós. Fiquei muito feliz ao saber disso, pois desde que chegamos, oramos ao deitar, ao levantar e antes de toda e qualquer refeição e desde a primeira oração, pedimos por eles também.
   Pra quem tinha uma fé taaão pequenininha, diante de todos esses acontecimentos, me apeguei a Deus, e deixei tudo nas mãos Dele. Ele me conforta a cada oração, cada culto familiar matinal ou ao pôr-do-sol. Maravilhas Ele tem feito em nossas vidas. "Todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus" (Rom. 8:28). "Eu e minha casa serviremos ao Senhor" (Js 24:15).
Feliz Semana! :*

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Mais de nós

Huuum, papinha de cenoura!
   A Anita está cada dia mais linda e mais esperta. Acorda todos os dias muito feliz e dá o mínimo de trabalho. Ontem foi dia de vacina. Atrasei de novo e por causa disso perdemos uma, a Rotavírus, por ter passado do prazo máximo, que eu não sabia existir - Ai cuuuuulpa! Ela está mais forte agora, chorou bem menos em relação a última vez. Foram três vacinas, uma gotinha e duas agulhadas nas coxas. Não teve reação nenhuma e antes mesmo de chegar em casa já estava sorrindo. Foi ficando ainda mais feliz ao longo da tarde e noite e acordou mais sorridente que nunca.
Capotada



   Essa semana ela dormiu a noite inteira duas vezes seguidas. Uma vez ela acordou às seis, mamou e dormiu até as nove. Outra ela foi direto, das dez às oito e meia e quando acordamos, vimos uma Anita apagada no berço, de bundão pra cima. Foi uma surpresa muitíssimo agradável.
   Está se alimentando muito bem, quase não desperdiça suco nem papinha. Está dormindo muito bem à noite e tira umas sonecas consideráveis. Temos um bom lugar pra nossa princesinha.
Um purê de Anita no capricho!
 



Outro dia ela foi ao mercadinho do bairro com o pai e por lá acharam uma fralda descartável do Snoopy (Bummis Baby Snoopy). A Anita quis na hora e experimentamos logo na troca seguinte. A tal fralda nos surpreendeu. Além de ser estilosa, é de ótima qualidade, comparável à Turma da Mônia Soft Touch Max. A elegemos como a "fralda de sair". Uma pena ser tão cara. Um pacote com sete fraldas custa seis reais. Tentaremos pechinchar com o dono do mercado, afinal, ninguém as compra, estão empoeiradas nas prateleiras.
   Ontem fomos ao mercado e quem pagou a conta foi a Anita - Que vergonha! Preferimos guardar um pouco de grana em espécie para o mês e pagar com o cartão de débito da Dona Anita. Tá, nos demos ao luxo de comprar algumas besteiras. Ah, uma vez ou outra não faz mal!
   Estamos aguardando ansiosos a convocação para Ministério Público. Sairá, salvo algum imprevisto, na próxima quinta, dia 19. Sinceramente, espero que só o Vi seja convocado primeiro, para que eu possa cuidar da Anita por mais um tempo. Deus queira que dê tudo certo e nos abençoe em mais uma fase de nossa longa jornada!

Princesinha, te amamos tanto, tanto, tanto! Nos surpreendemos todos os dias com a tua esperteza. Tu és o nosso despertar, o brilho das nossas manhãs, o motivo de estarmos sempre felizes. Tu és a nossa grande benção, meu amor. Te amamos demais!
Lambusa tuuuudo!
:*

sexta-feira, 6 de abril de 2012

Selinho e Desafio!

Ganhamos da Camila Gomes, mãe do Murilo. Obrigada por estarem sempre com a gente. Adoramos o seu blog!

Desafio "Brincadeira Séria "
A brincadeira é séria e o desafio possui as seguintes regras:


1. Escrever 11 coisas aleatórias sobre mim :


  1. Tenho 19 nove anos
  2. Sou mãe de uma linda princesinha
  3. Casei com o amor da minha vida
  4. Adoro fotografar
  5. Realizei o sonho de ter minha casa
  6. Passei num concurso público (na verdade foram dois)
  7. Nos mudaremos (de novo) em breve
  8. Adoro a blogosfera materna
  9. Aprendi a cozinhar!
  10. O sorriso da minha filha vale mais que tudo
  11. Somos uma família abençoada por Deus!
2. a) Responder as 11 questões 


  1. Quantos anos você engravidou? 18
  2.  Mora em São Paulo ou fora? looonge, em Porto Velho, RO
  3.  Adora a Blogsfera, ou ainda é reciosa? A D O R O !
  4.  Pretende, fazer do blog uma renda para a familia? Não.
  5.  Sonha com algo a mais do que já tem? Não.
  6. Se considera uma mulher completa? Sim.
  7.  Qual sua opnião sobre mães que trabalham fora? São guerreiras, as admiro muito.
  8.  Tem saudade do passado? Às vezes
  9. Mudaria alguma coisa na sua vida? Algumas
  10. Acredita em destino? Sim.
  11. Um fato marcante na sua vida? Ser mãe!
2. b) Formular novas 11 questões para quem eu desafiar
  1. Já tem um bebê?
  2. Qual a idade dele?
  3. Como foi/é a gravidez pra você?
  4. Teve/tem apoio do pai do bebê?
  5. O que você mais gosta na vida de mãe?
  6. E o que não gosta?
  7. Pretende ter mais filhos?
  8. Faria tudo de novo?
  9. Mudaria alguma coisa na sua vida?
  10. Está satisfeita com a sua vida?
  11. Qual seu grande sonho?
3. Desafiar 11 pessoas e deixar o link de quem desafiou :

Espero que gostem! :*

terça-feira, 3 de abril de 2012

De tudo

   Há tempos quero escrever sobre o que vem acontecendo em nossas vidas, mas nunca tenho tempo. Pois bem. Há uma semana mais uma grande mudança aconteceu: Anita e eu nos juntamos ao pai dela e estamos morando só nós três numa casa\ap, pequena, mas perfeita pra nós três.
   Desde o início do mês tive alguns conflitos familiares, em especial com minha mãe e em um fim de semana foi a gota d'água: interferências demais, brigas demais, coisinhas pequenas que me incomodavam muito , desde muito antes... Acabei discutindo com meu pai também, minha mãe veio gritando, dizendo que se eu tava incomodada que eu me mudasse e fosse criar minha filha do meu jeito longe dali. Eu tentei evitar ao máximo ouvir essa frase, aguentei muito comentário, muito pitaco no jeito como crio minha cria até que não deu mais e eu quis sair de lá.  Tudo isso aconteceu num fim de semana e durante a semana resolvemos nos mudar, compramos algumas coisas, mas o caminho até aqui foi cheio de obstáculos. Acabou que a mudança foi adiada várias vezes até finalmente acontecer na semana passada.
   Eu já tinha falado com minha mãe desde quando decidimos pela mudança e deixei avisado que ocorreria até o fim do mês. Ela, que nunca escondeu o desafeto pelo pai da Anita, foi compreensiva, disse que seria mesmo melhor, mas que não teria volta, eu não poderia me arrepender, que eu fosse corajosa pra enfrentar tudo "sozinha". Ok! Duas semanas (talvez três) se passaram e o dia da mudança chegou. Na noite anterior falei a ela mais uma vez que nos mudaríamos no dia seguinte e ela veio com aquele sermão do tamanho do mundo, dizendo que queria falar com o pai da Anita e com os pais dele que, nunca foram casados, antes.
   Pela manhã, começo a arrumar minhas coisas. Minha mãe viu e não fez nenhum comentário. Passei o dia apreensiva e nervosa pelo que ainda estava por vir. Finalmente o pai da Anita chegou pra nos buscar e começou a levar nossas coisas pro carro. Nessa hora, minha mãe vem como uma leoa lá de fora, xinga o pai da Anita, diz que aquilo é uma palhaçada, tenta agredi-lo, uma cena terrível. Vou pro quarto. Pouco depois ela chega e antes disso eu já tava chorando. Me diz que sou ingrata, que tive tudo na vida e que estou jogando tudo fora, que eu tinha um brilho e que esse tinha se perdido, que Deus me iluminasse pra que eu pudesse aguentar tanto sofrimento - pois ela acha que o pai da Anita irá me deixar como o meu pai biológico fez com minha mãe. Quando finalmente estávamos indo embora, voltamos para uma "última conversa" que não aconteceu, no lugar disso foi um barraco. Enquanto fui procurar meu pai pra me despedir, minha mãe começou a xingar o pai da Anita e todas as suas gerações, ele quis revidar, se defender, meu irmão também interferiu, um pesadelo. Chorei o caminho inteiro.
   Chegando em nossa casa, nem foi como eu imaginei. Ainda tava chorando, Anita no meu colo. Ela foi quem aproveitou a chegada, Sorriu pra tudo, pra todas as paredes. Parecia saber que esse era o nosso lar. Não deu nenhum trabalho e dormiu muito bem. Já era tarde e eu fui dormir com fome (não gosto de comer muito tarde), tinha chorado muito e tava com dor de cabeça. Acordei muito mal no dia seguinte. Minha última refeição tinha sido o almoço - não comi nada durante a tarde de tanto nervoso. Depois de tomar café, dormi mais um pouco enquanto a Anita era distraída pelo pai. Depois disso fiquei bem disposta e fui fazer o almoço. Mal sabia cozinhar e, quem diria, já fiz até lasanha e estrogonofe!
   A semana foi maravilhosa, só bençãos! Na sexta fizemos compras e, pasmem, enchemos o carrinho e a conta não passou de R$ 180,00. Pra quem mora em Porto Velho, o supermercado é o Gonçalves! No domingo passamos o dia fora e a Anita mais uma vez foi só sorrisos, está se dando muitíssimo bem com o pai e com os outros parentes também. Adora ser o centro das atenções e morre de gargalhar quando eu e o pai dela a atacamos com milhares de beijos. Está muito esperta, saudável e feliz! Está quase sentando - hoje ela ficou mais de um minuto sem ajuda até cair -, se vira sempre e até rola. Dorme tranquila durante uma hora pela manhã e uma hora à tarde. Quer pegar tudo o que pegamos. Ontem fiz mingau de banana, servi pra mim e pro pai dela e ela foi certeira com uma mão na colher e outra na lateral da tigela do pai! Hoje na hora do lanche, ela tinha acabado de acordar, o pai dela comendo biscoito com geleia e ela quase tomando da mão dele. Cenas inesquecíveis e digníssimas de postagem e anotação no livro.
   Estamos muito bem e muito felizes, temos uma família maravilhosa, somos abençoados por Deus. Nossos laços nunca estiveram tão fortes. Como o pai da Anita é Adventista, fazemos um pequeno culto ao pôr-do-sol todos os dias e tem sido uma experiência maravilhosa nos aproximar de Deus. Que a nossa princesinha continue saudável, feliz e nos dando tantas alegrias, que nossa família continue unida, que nós, como casal, continuemos unidos, verdadeiros, confiantes e fieis um ao outro. Que Deus abençoe nosso lar e nossa união. Amém!

Primeira foto em nossa casa

segunda-feira, 2 de abril de 2012

Rotina Médica


Alegria da casa



  • Peso: 8,100kg - engordou 550g
  • Altura: 65,5cm - cresceu 2cm em 20 dias
  • Idade: cinco meses
  • Pode tomar suco, comer frutas e sopinhas de legumes
  • Rola na cama
  • Tem uma coordenação motora incrível
  • Está muito feliz na casa nova!