Quantas visitas!!

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Rapidinhas!

Não posso deixar de contar que a Anita se amarrou no suco de laranja!

Ontem tive que fazer o almoço. Anita me auxiliando do carrinho. Cada vez que eu olhava pra ela e mandava um beijo, ela me respondia com os melhores sorrisos do mundo! Tenho que contar que o almoço ficou ótimo!

Primeira e última vez com esse boddy GG, que já ficou apertadinho...

...E serviu pro Toddy, que ficou lindo!
Como fevereiro não tem 31, posso dizer que a Anita já tem 4 meses hoje?

:*

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Mas que ideia!

   Tarde de muito calor em Porto Velho, 40 graus na sombra dou um banho na gostosa e mamãe diz: "Coloca uma fralda de pano nela, tá muito quente hoje...", e eu, com dó da minha princesa, calorenta que só ela, coloco a bendita fralda de pano (coloquei duas ainda!). Aí eu penso: "Ah, é só um xixizinho que ela vai fazer, que que tem lavar fralda de xixi?!". Já sabe né?! Anita caprichou no n°2. As fraldas, ainda deu pra salvar. Mas sabe aqueles conselhos de mãe... pense duas vezes!
:*

P.S.: Contagem regressiva para começar a nova dieta da gostosa. Falta uma semana!

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Queimando a língua

"Pra quê tanta fralda de pano? Não vou nem usar tudo isso!"
 - Nesses dias de chuva o porta fraldas esvaziou várias vezes e completo ele tem 40 fraldas!

"Nada de mingau! Vou amamentar exclusivamente até os seis meses!"
- No próximo dia primeiro, com quatro meses, Anita irá experimentar suco de laranja (com o aval da pediatra)

Cama compartilhada: morria de medo de só colocar a Anita na minha cama e ela não querer mais o berço. Quando ela começou a acordar duas, três e até quatro vezes por noite, dava o mamar e colocava na minha cama mesmo. "Ah, mais tarde ponho ela no berço!", mas ela é tão gostosa que quem não quer sair de perto dela sou eu. Se pudesse, dormia lá no berço com ela :P
 Tem mais!

Era uma vez...

...Uma amizade antiga...

Um flerte...
E foi amor à primeira vista.


"Agora ele é só meu, mamãe!"

Rotina médica




Peso: 6,950kg - engordou um quilo!
Altura: 62cm - cresceu três centímetros
* Tem peso e altura de bebê de cinco meses
* Já pode tomar suco de laranja
* Vai tomar vitaminas
* Vamos trocar de médico!

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Mais amigas/amigos para Anita!!

  Hoje é um dia especial. Três grandes mulheres estão à espera de um bebê. Duas são da blogosfera materna, a Ilana e a Jéssica. A outra é uma grande amiga, minha ex-vizinha, Drica. Desde sempre ela quis ser mãe e tudo foi muito complicado, mas finalmente ela conseguiu e eu estou muitíssimo feliz por ela e por todas.
  Na hora que eu tava começando a fazer o post fiquei sabendo da Mãe da Ana Lú, que eu acompanho desde sempre, e confesso que fiquei surpresa. Força garota! Espero que dê tudo certo pra você e também para as outras futuras mamães. Anita e eu torcemos para a vinda de mais princesinhas :)
Tudo de bom :*

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Então...

...que a Anita já está com 3 meses, quase quatro! E já apronta cada coisa...
   Ultimamente ela faz UM ESCÂNDALO na hora de se vestir depois do banho, principalmente na hora de passar a pomada anti assadura no pescoço e causa e consequência disso é um pescoço assadinho por ela não me deixar passar a pomada. De domingo pra segunda foram seguidos ataques de histeria da dona Anita. 
   Domingo tive a prova do concurso. Deixei a Anita com a minha mãe e durante a manhã ela não deu nenhum trabalho. Só na hora de tomar o leite (que eu tirei pra ela), ficou enrolando. Quando cheguei ela já começou a chorar, como pra chamar minha atenção. No mais, correu tudo bem. Passamos a tarde na casa da quase dinda Sorri, minha amiga que estava completando 19 anos. Anita não deu trabalho, exceto durante a viagem (cerca de 10min de carro) de ida e de volta e na hora de trocar a fralda. Sempre quando tiro a fralda ela faz pipi e agora ela tá com uma manha de ficar de esticando, querendo se virar, chorando, esperneando. Dessa vez ela quase suja a cama da Sorri e molhou toda a blusinha de pipi. Aaaai Anita! Ainda bem que tinha roupinha reserva. Chegando em casa, hora do banho. Falei pra ela que não queria choro dessa vez, mas ela exagerou na dose, chorou, esperneou, gritou na hora de se vestir. E eu... Briguei muuuuito com ela, falei sério, dei bronca e ela continuou chorando. Que raaaiva! Liguei pro pai dela e contei tudo.
   Segunda, mais uma vez um escândalo na hora de se vestir, fez n°2 quando tava fechando a fralda, esperei ela terminar e fui lavar a bundinha dela no chuveiro. Ela espumando de raiva, gritando mais que tudo. E eu... Briguei mais ainda com ela: "Quando você parar de chorar me avisa (fui fechar a porta). Chega Anita! ( ela se esticando como criança birrenta que bate o pé) Para com isso! Eu não sou qualquer uma, sou sua mãe. Você não se manda ainda não!". Ela parou um pouco e ficou me olhando muito séria. Depois começou a chorar aquele chorinho sentido. "Agora você tem motivo pra chorar, porque eu briguei com você, Anita!". Terminei de colocar a fralda e peguei ela. Ela soluçando, parando de chorar. Depois de mamar, dormiu feito um anjinho.
   Agora vê se pode uma criaturinha com 3 meses de idade querendo se mandar. Anita, Anita, assim você me mata!

Coisa mais gostosa
   Amanhã tem consulta com uma nova médica, a que já cuidou da família inteira. Eu não a conheço, mas dela só ouço elogios. Vamos saber o quanto a Anita cresceu e se desenvolveu durante esse mês, se há algo errado pra tanta manha, o porquê de ela soluçar tanto, se os dentinhos realmente estão vindo... entre outras novidades que contaremos mais tarde.

   Quanto a mim... Têm sido dias de muito estresse e eu fico bem cansada. Ontem desabafei com o Vi, falei de tudo e deu uma aliviada. Na semana passada tava tão chateada com todas essas pirraças da Anita e também outras coisas. Percebi que depois que ela nasceu eu simplesmente parei no tempo, quase não saio de casa, nossos passeios são só pelas redondezas, tudo gira em torno da Anita e eu não tenho tempo pra mim. Há meses que quero cortar o cabelo, mas dependo de alguém pra me levar e outro alguém pra ficar com a Anita. Há meses preciso abrir uma poupança e também dependo de alguém pra me levar e me ajudar com a Anita. Tô me sentindo presa, principalmente quando quero dar uma volta e tá chovendo. É o fim não poder sair de casa quando tá só uma garoinha. Também tava chateada por não ter estudado o tanto que gostaria pro concurso, mas fiquei feliz com meu desempenho na prova. Fechei português e Noções de Adm. Pública. Ainda não corrigi o resto, mas fui bem. Ainda temos uma boa chance.
   Na sexta eu saí sozinha com a Anita. Fomos ao shopping e ela se comportou direitinho. Já tinha saído sozinha com ela, mas só pra vacinar e numa consulta minha. Dessa vez foi diferente, tava mais confiante. Às vezes fico chateada quando a Anita prefere o colo da minha mãe ao meu. Já chegou até a virar a cara pra mim e também me olhar com ressentimento. Meus pais dizem que ela é igualzinha a mim. Penso que não sou boa mãe. Deve ser bobagem!

Filha, vê se para se ser birrenta. Mamãe te ama, mas assim fica difícil de se entender, né! :**

Mais um!




Ganhamos mais um selinho da Mãe da Ana Lú! Obrigada por estar sempre com a gente :)

A regra é dizer sete coisas sobre mim:
1. Sou mãe da Anita e todo mundo já sabe
2. Tenho 19 anos
3. Moro em Porto Velho, Rondônia
4. Tenho duas mães, um pai, três irmãs e um irmão. Ah, e uma sobrinha!
5. Sonho com a minha própria casa desde muito antes da gravidez
6. Amo muito o pai da minha filha e ela mais ainda
7. Amo fotografar!

Presentear sete seguidoras com o selinho
1. A mãe do Murilo - murillozana.blogspot.com
2. A mãe do Arthur - vida-baby.blogspot.com
3. A mãe da Taísa – thaisamullermartins.blogspot.com
5. A mãe do Pietro - vivendo-a-maternidade.blogspot.com
6. A mãe do João Guilherme - mamslarissa.blogspot.com 
7. A mãe da outra Anita - inaier.blogspot.com

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Que semana!

   Começando pela semana passada (faz tempo mesmo que não posto!): dia desses fiquei bem estressada. A Anita tem uma rotina meia boca (é que eu não acho que é beeem uma rotina, mas...). Levantamos às oito e meia, ela mama ou não, dou banho por volta das nove, ela mama e dorme por volta das dez, dez e meia, mas dorme bem pouco. Dez e meia é hora do meu café, vê se isso são horas de tomar café! E é qualquer coisa e rápido, porque já tem um monte de coisas pra fazer, ajudar minha irmã no serviço de casa, ajudar minha mãe com o almoço (que eu sou péssima, mas isso fica pra outro post) e lavar a roupa da Anita, mas quem disse que dá tempo?! Faço só uma dessas coisas e a Anita já acorda. Se minha irmã fica com ela, ótimo, se não, lá vou eu amamentar, brincar com ela, amamentar de novo... Então já estamos na hora do almoço. Está todo mundo na mesa e eu... no sofá, amamentando. Sim, porque é hora no almoço até pra Anita, menos pra mim, que almoço sozinha, quando ninguém mais tá na mesa e alguém pode ficar com a Anita pra mim enquanto tomo banho e como (tô quase me fazendo de vítima assim). Depois disso a Anita dorme um pouco e eu vou terminar que eu teria que ter feito pela manhã. Ela acorda. Dou de mamar e brinco e blablablá, ela dorme mais um pouco, às vezes.
   Sou muuuito grata à minha irmã, Sara, que adora ficar com a Anita enquanto eu faço qualquer coisa!
   Então, na semana passada, Sara e eu tivemos um pequeno conflito. Ela detesta lavar roupa e eu idem. Tenho uma prima que, se deixar, faz todo o serviço de casa sozinha. Nós não deixamos, claro. Ela não é empregada. Esses dias ela inventou de lavar roupa, colocou um monte de roupa de molho e foram dias e dias chuvosos. Quando finalmente o sol saiu, ela queria lavar tudo de uma vez, sozinha. Minha mãe pediu para que a ajudassemos, mas ela disse que não precisava e fez tuuudo sozinha. No outro dia, ainda tinha roupa pra lavar e minha mãe não deixou que minha prima lavasse. Sobrou pra mim e minha irmã. Logo, minha irmã jogou pra mim. Eu disse que não lavaria (ainda tinha a roupa da Anita pra lavar e ela ainda nem tinha dormido), mas acabei lavando, ou melhor, tava começando a lavar quando a Anita acordou e eu não pude continuar. Logo, minha irmã ficou com raiva porque teria que terminar o serviço. Eu odeio deixar qualquer coisa pela metade, mas não podia deixar de amamentar e cuidar da Anita pra lavar a roupa! Passada a hora do almoço e tudo mais, eu queria descansar um pouco e aproveitar que a gostosa tava dormindo e tirar um cochilo também. Abro a porta do quarto (que divido com minha outra irmã que tem uma filha de dez anos e ainda mora aqui), minha irmã, minha prima e minha sobrinha assistido TV. Deito na cama e ninguém se toca. Se digo um AI, eu sou a chata, mas tenha a santa paciência! Não disse nada e todo mundo continuou lá assistindo Adriane Galisteu! MEREÇO! Mais tarde tava conversando com o Vi quando começa uma confusão: Sara dizendo que eu não faço nada, que eu sou uma preguiçosa e blablablá, aí eu não aguentei, comecei a gritar também e disse que sinto muito se tenho que deixar de fazer qualquer coisa pra cuidar da Anita! Entro no quarto e começo a chorar. Vi vem com a Anita no colo me consolar. Que dia!
   No domingo mais uma confusão. Minha mãe de mal humor logo cedo. Mais tarde a Anita abre o berreiro e eu tento acalmá-la a todo custo. Meus pais insistem "isso é fome!" e eu digo que não, pois ela tinha mamado há menos de cinco minutos. Daí os dois começam a falar horrores porque tenho que alimentar a menina (com algo que não seja o meu leite) e que o pai dela não podia alimentá-la e outras coisas que prefiro nem lembrar. Saio de perto. Tava preparando um banho pra princesa, pois estava um dia muito quente. Minha mãe simplesmente toma ela de mim para acalmá-la e dar o banho. Olho bem pra ela e não digo nada. Estava embalando a Anita quando minha mãe abre a porta do quarto pra falar mais. Eu digo "tá bom, mãe", pra que ela saia e deixe a Anita dormir. Aí ela vem e me diz que eu tenho o nariz muito empinado, que eu não estou sempre certa (e ela acha que está sempre certa, todo mundo diz isso e ela não muda), que o Vitor não presta e mais coisas que prefiro não dizer. Nunca tive tanta vontade de arrumar tudo e ir embora. Tive vontade de ligar pra minha mãe (a que mora no Amapá) e contar tudo. Tive vontade de simplesmente sumir junto com minha filha. Enfim! Tudo isso aconteceu porque no dia anterior minha mãe comprou uma lata de Nestogeno e eu não preparei pra Anita, pois não havia necessidade, já que ela tinha dormido sem drama. À noite preparei o tal leite e a gostosa recusou. Fiquei aliviada, pois me senti uma traidora dando leite industrializado pra ela.
   Segunda: dia de vacina! Achava que eram duas e quando cheguei no posto, SURPRESA!, eram quatro! Duas orais e duas injeções. Contra paralisia, rotavírus, tetravalente e pneumocócica, acho que é isso. Meu Deus, minha princesa nunca sentiu tamanha dor. E eu... Tive vontade de chorar junto com ela. Foi um choro diferente, de muito sofrimento. Tá que a Anita é meio manhosa, chorou até com a gotinha, mas e daí?! Doeu tanto em mim quanto nela, juro! Depois ela ficou bem enjoadinha, dei paracetamol e ela vomitou tudo. Um banho a acalmou bastante e ela já estava até sorrindo. À noite deu um pouco de febre, mas nada grave. Nessa noite ela dormiu melhor que em semanas. Só acordou às quatro e depois às oito e meia. Na outra noite, melhor ainda, acordou às cinco!

   Depois desse desabafo (que aqui não tá nem a metade do que eu queria dizer), uma notícia pra elevar minha auto-estima: fui aprovada no concurso da prefeitura. Tá que é cadastro reserva e sabe Deus quando é que podem me chamar, mas e daí?! Eu passei! E o Vi também! No próximo domingo, dia 12, faremos mais uma prova, a do Ministério Público do Estado de Rondônia. Essa vai ser mais séria e é só uma vaga. Se um de nós passar, será nosso passaporte para a vida a dois a três! Nos desejem sorte, pois eu não vejo a hora de ter a nossa casinha, as nossas coisas e vivermos em pais, longe dos conflitos familiares, literalmente. Seremos Anita, Vitor e Eu! Todas as noite eu penso e peço por isso. Não vejo a hora!

Ah, na terça a Anita completou três meses de pura gostosura e alegria e valeu uma anotação no livro dela. Ela está mais linda do que nunca e está grandona também. Estamos cada dia mais apaixonados por você, filha! Te amamos muito!
Mil beijos :*