Quantas visitas!!

quarta-feira, 29 de junho de 2011

Ser Mãe

* Não resisti a esse texto retirado do http://segunda-viagem.blogspot.com

Quero que fique pequena assim :)
   "A missão de ser mãe quase sempre começa com alguns meses de muito enjôo, seguido por anseios incontroláveis por comidas estranhas, aumento de peso, dores na coluna, o aprimoramento da arte de arrumar travesseiros preenchendo espaços entre o volume da barriga e o resto da cama.
   Ser mãe é não esquecer a emoção do primeiro movimento do bebezinho dentro da barriga.
  O instante maravilhoso em que ele se materializou ante os seus olhos, a boquinha sugando o leite, com vontade, e o primeiro sorriso de reconhecimento.
  Ser mãe é ficar noites sem dormir, é sofrer com as cólicas do bebê e se angustiar com os choros inexplicáveis: será dor de ouvido, fralda molhada, fome, desejo de colo?
  É a inquietação com os resfriados, pânico com a ameaça de pneumonia, coração partido com a tristeza causada pela morte do bichinho de estimação do pequerrucho.
   Ser mãe é ajudar o filho a largar a chupeta e a mamadeira. É levá-lo para a escola e segurar suas mãos na hora da vacina.
  Ser mãe é se deslumbrar em ver o filho se revelando em suas características únicas, é observar suas descobertas.
   Sentir sua mãozinha procurando a proteção da sua, o corpinho se aconchegando debaixo dos cobertores.
   É assistir aos avanços, sorrir com as vitórias e ampará-lo nas pequenas derrotas. É ouvir as confidências.
   Ser mãe é ler sobre uma tragédia no jornal e se perguntar: E se tivesse sido meu filho?
   E ante fotos de crianças famintas, se perguntar se pode haver dor maior do que ver um filho morrer de fome.
  Ser mãe é descobrir que se pode amar ainda mais um homem ao vê-lo passar talco, cuidadosamente, no bebê ou ao observá-lo sentado no chão, brincando com o filho.
  É se apaixonar de novo pelo marido, mas por razões que antes de ser mãe consideraria muito pouco românticas.
  É sentir-se invadir de felicidade ante o milagre que é uma criança dando seus primeiros passos, conseguindo expressar toscamente em palavras seus sentimentos, juntando as letras numa frase.
  Ser mãe é se inundar de alegria ao ouvir uma gargalhadinha gostosa, ao ver o filho acertando a bola no gol ou mergulhando corajosamente do trampolim mais alto.
  Ser mãe é descobrir que, por mais sofisticada que se possa ser, por mais elegante, um grito aflito de mamãe a faz derrubar o suflê ou o cristal mais fino, sem a menor hesitação.
  Ser mãe é descobrir que sua vida tem menos valor depois que chega o bebê.
  Que se deseja sacrificar a vida para poupar a do filho, mas ao mesmo tempo deseja viver mais º não para realizar os seus sonhos, mas para ver a criança realizar os dela.
  É ouvir o filho falar da primeira namorada, da primeira decepção e quase morrer de apreensão na primeira vez que ele se aventurar ao volante de um carro.
  É ficar acordada de noite, imaginando mil coisas, até ouvir o barulho da chave na fechadura da porta e os passos do jovem, ecoando portas adentro do lar.
  Finalmente, é se inundar de gratidão por tudo que se recebe e se aprende com o filho, pelo crescimento que ele proporciona, pela alegria profunda que ele dá.
  Ser mãe é aguardar o momento de ser avó, para renovar as etapas da emoção, numa dimensão diferente de doçura e entendimento.
  É estreitar nos braços o filho do filho e descobrir no rostinho minúsculo, os traços maravilhosos do bem mais precioso que lhe foi confiado ao coração: um Espírito imortal vestido nas carnes de seu filho.
  A maternidade é uma dádiva. Ajudar um pequenino a desenvolver-se e a descobrir-se, tornando-se um adulto digno, é responsabilidade que Deus confere ao coração da mulher que se transforma em mãe.
  E toda mulher que se permite ser mãe, da sua ou da carne alheia, descobre que o filho que depende do seu amor e da segurança que ela transmite, é o melhor presente que Deus lhe deu."

Boletim Gestacional V

   Peguei ontem os resultados dos exames feitos há duas semanas. Não foi tão "que alívio!". Um monte de coisas abaixo do normal. Não é taaaão abaixo, mas pra mim já é preocupante. No Hematócrito deu 33%, sendo o mínimo normal de 37% e da vez anterior já estava em 35%. Esse exame é o indicador de anemia. Hemoglobina e Hemácias também abaixo do normal (apenas uma unidade) e ainda uns tais Eosinófilos e Glicose pouco abaixo do esperado. Espero que não seja nada grave.  O problema da glicose já deve ter se resolvido, pois comi bastante doce nos últimos dias. Engordei pouco mais de 2kg nas duas últimas semanas. Isso não é legal. Voltei hoje com as caminhadas matinais e tentarei melhorar a alimentação na medida do possível.
   Ontem à noite vc não descansou hein filhote! Desde o momento que começaram as aulas no cursinho parecia que vc tava brincando aqui dentro, pulando de um lado pro outro, pouco delicado =P Ainda mais tarde, quando jantamos aquele delicioso mingau de aveia vc se mexeu mais ainda, quando o papai ligou então... nem me fale! Será a ansiedade para a ultra que está chegando? Estamos esperando por isso há tantos dias que nem sei mais. Vai ser demais te ver filho(a). Tomara que passe esse tempo e chegue logo a hora dessa ultra.

P.S.: dores na coluna há mais de uma semana :(
:* Te Amamos Demais!

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Mini-férias :)

Um de nossos dias :)
   Essa semana passada tirei umas férias. Só fui pro cursinho na segunda e na terça fui embora mais cedo por não estar me sentindo bem (provavelmente por um sanduíche "saudável" do Subway que comi à tarde). Cheguei em casa e coloquei tudo pra fora :x Enjoo agora não né filhote?! Fiquei em casa na quarta, na sexta e no sábado (quinta foi feriado!) e todos os meus sonhos durante a noite tinham o cursinho no meio... peso na consciência por ter faltado tantas aulas.
   Durante esses dias todos encontramos o seu pai, bebê :) E vc mexeu um montão de vezes, deixando ele todo bobo :P Foi uma semana inteira maravilhosa, tirando, é claro, a parte do mal estar. Ah, e me perdoe filho por eu ter comido tanta besteira. Mas também, sua vó fez um montão de coisas gostosas... era fim de semana... Cachorro-quente, torta e mingau de banana, frango desossado e recheado, huuum... tomei um sorvetinho (sempre irresistível). Eu sei que vc também gosta de tudo isso :P
Tá crescendo... 21 semanas :)
   Nossa ultrassom foi adiada por mais uma semana. Ai, que novela! Não aguento mais esperar tanto assim pra te ver. Cheguei a pensar que deveriamos ter esperado um tantinho mais pra fazer a primeira ultra, daí talvez já soubessemos o que vc é. Mas agora já foi. Te veremos muito provavelmente na sexta e tomara que chegue logo. Tenho a impressão de que vc cresceu muito essa semana. Ou será que eu engordei muito? Mais provável que tenha sido os dois! Mas não se preocupe filhinho(a), vc tem que crescer mesmo, eu é que tenho que me controlar. A Drª vive dizendo que tenho que tomar cuidado com o peso. Amanhã pegaremos os resultados dos exames de sangue e urina e o de bacterioscopia... que medo! Sempre tenho medo desses resultados. torço pra que esteja tudo certinho.
:* baby. Te amamos muitão!

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Diversidade Cristã

   No último fim de semana fui à duas igrejas: no sábado à Adventista e no domingo, à Católica. Meus pais, católicos, são daqueles que vivem na igreja, estão lá todos os domingos, participam de reuniões, pastorais, ajudam em eventos, como foi o caso da quermesse dos dias 17, 18 e 19 deste mês. Na manhã de sábado enquanto estava me arrumando pra ir "à outra igreja" minha mãe ficou resmungando: "Vai passar o dia todo nessa tua nova igreja é?" (isso porque era a primeira vez que eu ia). "Ai, cada dia mais vc me decepciona, minha filha!" Eu hein, só porque eu ia numa igreja que  não era a dela. Ela é muito preconceituosa com essas coisas. Uma de minhas irmãs é evangélica (Batista) e minha mãe sempre odiou muito isso.
   No domingo eu queria ir à missa pela manhã, mas é chato ir sozinha e meu pai faria a Primeira Leitura da Liturgia à noite, então resolvi esperar. Cedo, minha mãe perguntou se eu iria à missa e eu sabia que certamente ela reclamaria se a resposta fosse Não. Hoje pela manhã ela já veio me perguntar: "Como é que foi lá na nova igreja? pode comer alguma coisa, fazer serviço de casa?" - ironizando o fato de que os Adventistas não trabalham aos sábados.
   É certo que nenhum culto se compara a uma missa, penso eu. Gosto do ritual eucarístico e nenhuma outra igreja me chama atenção quando à isso. Outra coisa é o fato de que nas demais sempre tem aquele negócio de falar Aleluia!, Glória! e Amém! o tempo todo. Não consigo me acostumar com isso, mesmo quando era pequena e ia numa Wesleyana com minha tia... achava muito estranho.
   O que achei interessante foi a "praticidade" dos Adventistas. Tudo muito claro, aplicável ao seu dia a dia. Além do culto, fui a uma espécie de catequese que lá chamam de Escola Sabatina. Aprendi muito mais do que na década de catequese da minha vida toda. Muito legal. Vejo que lá, até as crianças se interessam pela igreja. Observei por um instante a Danni (prima do Vi) fazer um desenho da família dela na igreja e, além do Sol, estavam Jesus e um coração no céu. Muito lindo. Depois, ela e outras crianças ficavam pintando livrinhos de histórias bíblicas. Não é fácil fazer as crianças aprenderem sobre Deus?!
   Minha mãe acha que se a gente for a uma outra igreja, está traindo Deus. Por que? Por que ele me condenaria por eu ir a outro templo Dele? Conhecer outros pontos de vista sobre Ele? Nada a ver né?! Acho que quem pensa assim tem a cabeça fechada para novas ideias. Ir à outras igrejas e conhecer outras religiões não significa que você vai se converter. Pode até ser, mas só se você quiser. Ninguém é obrigado a seguir aquilo que não quer.
   Aqui em casa, todo mundo foi obrigado a fazer catequese, pelo menos até a primeira comunhão. Chato isso né?! No ano passado minha mãe me obrigava a ir à missa uma vez por mês. Terrível. Deus deve não gostar de gente emburrada na missa. Nem de quem obriga o outro a ir. Tem gente que pensa que só de ir à igreja ou contribuir com o dízimo já está salvo! Pura enganação (de si mesmo). O que procuramos na igreja? Na minha opinião, paz de espírito. E se você se sente bem, que ótimo! Mas se você vai obrigado... 
    É bom que cada um tenha sua religião, sua ideia sobre Deus. Alguns acham que ele nem existe e eu já pensei assim. Mas agora vejo que preciso de "algo mais" do que pessoas e coisas materiais ao meu redor. Sabe, tenho um fascínio pela natureza e Deus faz parte dela pra mim. Ele está nela e em todo lugar. Agradeço a Ele quando um vejo um pôr-do-sol, um arco-íris, um luar, um céu estrelado... Sinto uma paz imensa, uma felicidade sem fim em poucos segundos. Pra mim, isso é paz de espírito. Mas ainda tenho tanto a aprender...

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Eclipse Lunar não visto :x

Sol querendo chamar a atenção
Quando ela finalmente apareceu

      Ontem, 15.jun.2011, ocorreu um eclipse lunar logo após o pôr-do-sol. Foi uma pena não ter visto. A lua estava magnífica como sempre, mas ao menos do lugar onde eu estava só deu pra vê-la quando o eclipse já havia acabado. No entanto, o Sol tava todo enciumado, querendo chamar toda a atenção. Muito brilhante, gradativamente ficando avermelhado, foi se pondo com muito estilo :P
   Valeu muito ter visto esse pôr-do-sol e luar lindos, ainda que sem Eclipse. Belezas da natureza me encantam. Mais tarde, quando saí do cursinho, a Lua estava no ponto mais alto e tinha uma faixa de nuvem passando por ela, fazendo parecer que eram seus raios de luz. Demais! Sem contar nas estrelas. Dia de céu perfeito!

Boletim Gestacional IV

   Mais um dia de médico! Hoje fomos ao Clínico Geral para chegar aquelas dores de cabeça. Foi bem legal, eram duas universitárias muito simpáticas e atenciosas. Ouvimos seu coraçãozinho de novo e até um chute seu. Foi engraçado vc se mexendo enquanto a Drª procurava pelo seu batimento. 132bpm dessa vez. Ótimo!
   Na enfermeira foi tudo relax, o tal do preventivo foi rapidinho e até menos contrangedor do que imaginei. Tomei mais vacinas, fiz exames de sangue e urina ontem... Odeio fazer exame de urina (sem falar o de fezes). Fico toda preocupada de o 'material' vazar, não confio naqueles potinhos. Fui de ônibus até o posto. Quando cheguei lá, percebi que mais da metade do meu pipi tinha vazado, tava praticamente todo na sacola. Aaaah, que raiva! Fui pedir outra sacola pro tiozinho do lanche lá em frente e fui ao banheiro. Ainda bem que vontade de fazer pipi é o que não falta :P
    Adiamos a Ultrassom pra próxima semana. Esta vai ser mais detalhada, é a ultrassonografia morfológia, vai mostrar tudinho. Vamos fazer num hospital particular, daí não vamos precisar acordar quase antes da madrugada. Temos que agradecer à sua vovó por nos proporcionar isso :)
   Simulado no cursinho hoje... passei a manhã estudando enquanto aguardava ser atendida. Li bastante coisa. Vi também uma colega de classe da 6ª série que está com um barrigão. Não deixou de ser uma surpresa. As próximas consultas serão no início do próximo mês, mas ainda temos exames pra fazer, então, mais alguns dias pra acordar cedo. Tá todo mundo ansioso pela ultra. Até enfermeira hoje tava com uma cara toda animada: "Já fez a Ultra?". Seu pai e eu estamos expludindo de ansiedade. Como vai ser no particular, seu pai vai poder te ver *.* e ouvir o seu coração também.
:* Te amamos muito baby :D

terça-feira, 14 de junho de 2011

Parabéns Gabi :D

A foto dela deve ter uns 2 anos. Atualiza aí Gabi! :P
   Esta à esquerda é a minha irmã mais linda, a Gabi, aniversariante de hoje. Veja como nos parecemos :) 
É uma futura arquiteta muito esforçada, vive desenhando milhares de coisas que pra mim parecem impossíveis, mas pra ela eu sei que não são nada :P
E vive acorda de madrugada agora, segundo informações de nossa mãe. Que medo dessa tal de Universidade.
   Hoje ela faz 20 anos (nem parece). E aqui deixamos nossos carinhosos desejos de Feliz Aniversário e que tudo que há de melhor chegue a ela sempre! Te amamos muito Gabi!!  Beijos nossos e da nossa família enorme aqui de Porto Velho. Parabéns! :D

Boletim Gestacional III

   Acabamos de chegar da última consulta. Finalmente vamos marcar sua ultrassom, filhote. Não vejo a hora! Terei que fazer mais alguns exames se sangue e urina e uma tal de bacterioscopia e um preventivo (que me parecem ser um tanto constrangedor :x ). Conseguimos ouvir seu coraçãozinho *.* Não sei como os bebês não tem uma parada, seu coração bate muito rápido filho, 130 bpm e a Drª disse que tá ótimo! Que bom né?! Ela também mediu a altura do meu útero e tem 21cm, considerado muito bom pra idade gestacional de 20 semanas e 2 dias :)
   Ela disse também que poderíamos fazer a ultrassom amanhã mesmo, pra poder mostras pro outro Dr. na quinta, mas acho que seu pai não estará disponível pra ir com a gente e não iremos sem ele. Ele quer muito ter ver também e é importante pra nós que ele esteja conosco neste momento. Tentarei fazer esses exames amanhã logo e, com sorte, nossa próxima consulta que será no dia 12.07 pode ser antecipada para a próxima semana, se os exames ficarem prontos a tempo, mas acho isso impossível. Aqueles últimos que fizemos demoraram duas semanas e eram muito simples. Imagine esses que são uns cinco. Devem demorar um pouco mais :/
   Ah, engordei mais dois quilos no último mês e a Drª disse pra eu 'dar uma segurada'. é muito difícil controlar a vontade de tomar sorvete, mas vamos nos conter! Pelo menos não te dou mais pizza nem sanduíches do Bobs ou coisas assim. Só sorvete mesmo. Como bastante fruta, mingau que eu adoro, leite pra vc ficar fortinho... Mas acho que vou ter que deixar de preguiça e começar a fazer umas caminhadas matinais, estamos acordando muito tarde.
Te Amo Filhote :**

segunda-feira, 13 de junho de 2011

semana 20: A metade :)

    Amanhã, finalmente iremos à próxima consulta. Não vejo a hora de marcar a próxima ultra e te ver logo filhote! Tivemos um ótimo fim de semana hein baby. Dia dos namorados melhor de todos. Passamos o dia com o seu pai e tomamos muuuito sorvete, huuum... Nem preciso dizer que fiquei preocupada contigo, né filho?! Tomara que não dê nada de errado com vc e comigo quando formos na médica amanhã. Agora mesmo tô tomando mingau de milho, tapioca e banana, vc gosta? Meu deus, como eu como!
   Na semana passada compramos umas coisinhas pra vc... Umas fraldas e seu pai comprou duas roupínhas do Timão. Ele insiste em só comprar roupas do Corinthians pra vc, filho. Espero que, mesmo que vc seja uma menina, goste do que ele te deu. Eu achei muito fofo, mas vc vai usar uma vez ou outra... Ele quer que vc use sempre, acho que ele não deve estar falando sério :P 
   Também nessa semana, seu pai perdeu a carteira com todos os documentos dele e, sinto te informar filho, mas tinha umas moedas suas lá :/ A gente tá guardando todas as moedas pra vc e, pra falar a verdade, vc já tem mais grana que a gente :P Todo mundo adora dar troco de moeda, sorte sua!
   Bem filho, estamos muito ansiosos pra te ver no ultra, saber se está tudo certinho e, é claro, saber o seu sexo. Não sei como as pessoas conseguiam ficar nove meses sem saber se era menino ou menina antigamente! Semana que vem teremos cinco meses e ontem chegamos ao meio da gestação: 20 de 40 semanas. Isso, claro, se vc esperar até a 40ª semana. Vc é paciente né bebê?! Tem que esperar até pelo menos depois do Enem. Pode ser no dia 23 mesmo, contanto que seja depois das 17hs. Se vc já estiver fortinho, pronto pra nascer, tudo bem, se não, espera só mais um pouquinho tá. Já te disse que temos que ir muito bem nessa prova. Ajuda a mamãe?
:* filhote, papai e mamãe te amam demais.

   Ah, amanhã é niver da sua tia Gabi, 20 aninhos. Ela mora looonge, lá em Macapá, mas deixamos um Feliz Aniversário pra ela desde já :) Te amamos Gabi!!
   Ah, mais uma coisa: Hoje eu e seu pai completamos seis meses juntos :) Legal né?! Mas isso é só o começo!

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Semana 19 :)

   Ontem, quando fui pegar uns exames feitos há duas semanas levei um susto ao ver o resultado de um deles, o de Rubéola. Um dava 'positivo' (reagente) e outro 'negativo' (não reagente). Não entendi nada, mas claro, fiquei pensando: "Será que tô com Rubéola e nem sei? E o bebê?". Cheguei na biblioteca e comecei a ler um livro pro vestibular. Uma hora depois, não resisti e fui pesquisar na internet sobre o tal exame. Que alívio. O que deu reagente era um tal de IgG, que significa que eu já tive contato com o causador da doença, no caso, a vacina que tomei há alguns anos, para criar anticorpos. O outro era o IgM, que deu não reagente, siginificando que eu não estou contaminada. UFA!
   Outro dia estavamos nós indo pagar o boleto do Enem quando me deparei com uma fila-caracol. "Puts, não vou ficar nessa fila aí não!". Aí minha irmã me lembrou que eu tinha preferência por estar grávida, então fomos (eu e meu filhote) pra fila preferencial. Logo a minha frente tinha uma moça, também gestante 'inicial' e ficamos conversando. Uns vinte ou trinta minutos depois, ainda na fila, um velhinho chega pra gente: "Vocês tem preferência? Vocês estão grávidas? Porque eu não tô entendendo essa fila", e nós respondemos que "Sim! Estamos grávidas". Nisso, já um monte de gente da fila-caracol nos olhando de cara feia. Chega na hora da moça da minha frente ser atendida a caixa pergunta: "A senhora tem preferência?" e ela: "Eu tô grávida, não pode não? Agora vou ter que andar com uma ultrassom pra mostrar que eu tô grávida?!"
   Bem, é chato você estar numa fila preferencial e ninguém saber o porquê e ainda por cima ficarem te julgando sem saber. Uma gestante de dois, três, quatro meses pode sim ficar na fila preferencial. Não tinha nenhum aviso dizendo a partir de que mês as gestantes podem entras na fila preferencial. E se, de repente, ela passar mal na fica comum? Vale lembrar que era uma fila gigantesca dando voltas e, quando acabava aquela fitinha, ia numa reta sem fim! Nos meses iniciais também ficamos cansadas, enjoadas... Tem  umas que até desmaiam. Ninguém se lembra disso né?! Só acham que estamos nos aproveitando do privilégio de estarmos carregando um bebê na barriga.
   Diante disso fiquei pensando: "Será que é bom ou ruim que minha barriga ainda não esteja tão visível?". Porque até uma enfermeira da maternidade me perguntou se eu estava mesmo grávida e ainda por cima, de quatro meses. Ela ficou impressionada. Claro que eu devia estar grávida, na maternidade só são atendidas mulheres grávidas! Mas, então, é bom ou ruim? Vendo por essa parte da fila preferencial e tudo mais, é ruim, porque todo mundo ficou achando que eu tava na fila de gaiata. Isso é chato. Mas é bom, que lá no cursinho, por exemplo, ninguém sabe que tem um mini humano dentro de mim. Mas é ruim, porque minha blusas me dizem que eu estou gorda e não grávida, meus jeans então, nem me lembre... Sério, deve ser neurose de mulherzinha mesmo, mas eu não tô parecendo uma grávida, tô parecendo uma gorda, são poucas as blusas que disfarçam esse buchinho... e esses seios enormes então?! Ai, ai...
   Essa noite foi um pouco difícil. Demorei pra caramba pra dormir. E o bebê chutanto... tamanho 2:30hs da manhã e o danado brincando dentro de mim. Será que ele já tá me trinando? "Olha mãe, quando eu nascer vou ficar a noite todinha acordado :P ". Eu tava parecendo aqueles frangos que ficam assando naquele forno que chamamos carinhosamente de 'televisão de cachorro', rs. A cada 5min. numa posição diferente. De repente, um quadro despenca da prateleira junto com alguns bibelôs. O quadro caiu exatamente onde eu estava há 1min. Nem encostou em mim. Foi Deus! Seu anjo da guarda tá trabalhando bem hein filhote! Depois disso, comecei a sentir cheiro de barata, e pra quem me conhece, tenho pavor de barata e sinto o cheirinho da desgramada de longe. Fiquei procurando com a luz do celular e não achei nada. Consegui dormir. Pela manhã encontro a desgraçada bem pertinho da minha cama, certamente bolando um plano malígno pra me atacer esta noite, mas eu fui mais rápida e matei ela, HA!
    Beijinhos, até mais :)


P.S.: Já não aguento a ansiedade pra poder te ver no ultra, filho. Dar mais uma olhada em vc, saber se vc tá bem e saber se é filho ou filha :) Espero que semana que vem já possamos te ver. Te Amo Muito! *.*

segunda-feira, 6 de junho de 2011

FDS :)

   Fim de semana difícil. Crises de choro constantes e dores de cabeça intensas. Quinta, sexta e sábado. Fico preocu(L)pada por chorar tanto e o bebê poder ficar triste também. No sábado ele parecia querer me acalmar. Ficou chutando bastante enquanto eu lagrimava, soluçava... Paracia dizer: "Ei! Mamãe, tô aqui com vc, fica calminha." 
   Nesse fim de semana o bebê acordou cedo todos os dias (geralmente ele só se mexe depois do almoço). Logo de manhã, no sábado, mal eu abri os olhos e lá estava o danado me chutando, se mexendo pra lá e pra cá. E ficou assim o dia todo. Fomos pra aula, ele chutando... na hora de comer, ele chutando... à tarde fomos encontrar o papai e os titios Arthur, Gui e Beto (nossos amigos), ele chutando... À noite fomos à maternidade tomar um remedinho pra dor de cabeça, ele chutando... parecia que ele que tava com medo de levar injeção, rs. E no domingo finalmente ele chutou bem na mão do pai, que ficou todo bobo :P Deve ter sido algum tipo de recompensa por eu não ter chorado e por estar tudo muito bem entre mim e o pai dele.

:* Filho. Papai e mamãe te amam muito!

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Mais um dia

   Sabe, a gravidez não é ruim. Dependendo da rotina de cada uma, temos que abrir mão de algumas coisas, como os jeans que vc mais gosta que agora não fecham mais, doces e massas em excesso nem pensar, a alimentação tem que ser bem saudável se vc se preocupa com a saúde do seu bebê. Tem também as milhares de coisas que vc pensa e, pra mim, essa é a pior parte.
   No início pensei cada coisa. Pensei em esconder de todo mundo, tanta gente já fez isso, mas ainda bem que pude fazer o oposto e, assim, tenho a ajuda da família e dos amigos... Já pensou eu tendo que responder a perguntas do tipo "vc engordou?" ou "por que vc não quer ir a tal lugar?", "por que vc não vai na pizzaria?", "ai, vc vive cansada...", "não gosta do meu perfume por quê?". Ia ser uma tortura. Sem contar que eu não postaria tudo isso abertamente.
   Depois ficava pensando que podia afastar o Vitor de mim por estar mto chata e chorona, que ele podia perder a paciência e ir embora. Pensava como que ia fazer se minha mãe não quisesse mais que eu morasse com ela... Como que eu ia fazer com um bebê sozinha. E, pode dizer sim, era tudo bobagem, mas quando se está grávida, nada parece bobagem, tudo é um tormento. Logo eu que tenho essa mania de esconder pensamentos e sentimentos. Mais uma vez: Ainda bem que tenho um namorado maravilhoso, uma família ótima e bons amigos!
   Nos últimos dias, o que tem me tirado do planeta Terra é o fato de ainda não estar nada pronto pro bebê, nada mesmo. Eu nem sei como que vai ser quando ele estiver perto de nascer. Me preocupo tanto com essas coisas. Cadê a grana pra começar a comprar as coisa que ele vai precisar como fraldas, roupas, berço, leite, e tem muuuuita coisa. Eu sei, ainda tá cedo, ainda nem sabemos o sexo do bebê, como é que vamos comprar as coisas dele?! Te falei, são coisas de grávidas.
   Ontem chorei tanto por conta disso. Eu falei com o Vi e ele falou tantas coisas e eu comecei a chorar e chorar e chorar... fui pro cursinho (sem choro), cheguei em casa e chorei ainda mais... Quando choro o bebê fica quietinho, será que ele fica assustado, com medo, fica triste também? Eu tento me acalmar e converso com ele, mas é muito difícil parar de chorar. Relaxa tá filho, a mamãe já tá bem :)
   Sabe, essas preocupações devem ser mínimas, mas pra mim são tão... sei lá. É difícil explicar, sempre tem alguém pra dizer "não é assim", mas eu penso "vc não sabe como é". Tenho tanto medo de não preparar tudo a tempo pra chegada do bebê. Não pretendo continuar na casa dos meus pais, já mora muita gente aqui, eu nem tenho emprego. Vamos precisar de gente pra ajudar a cuidar do bebê quando eu precisar trabalhar e/ou estudar, mas durante a minha vida toda eu vi gente vindo deixar seus filhos aqui pra minha mãe "olhar" e, sinceramente, eu não quero ter que precisar disso. Não é orgulho não. Só não quero sobrecarregar minha mãe, ainda mais com meu filho. Ela já trabalha demais, todo mundo sabe.
   O blog hoje é minha melhor ferramenta de alívio. As palavras fluem melhor aqui do que se eu escrevesse num papel, num diário ou se eu falasse pra alguém. Não sou muito boa pra desabafos in live, então, este é o meu espaço relax :)

Aula de Biologia (25.05.11)
  Durante a aula de ontem fiquei muito entediada. Circulação, Reforma Protestante, Análise Semântica e Química Orgânica não me interessaram nem um pouco. Na minha cabeça ficava: "tá, já sei disso, vamos pro próximo assunto logo". Então fiquei comendo biscoitos, tomando água, desenhando e escrevendo qualquer coisa. Ainda bem que tenho a rara capacidade de, às vezes, prestar atenção a duas coisas ao mesmo tempo. Então, acho que não perdi nada :P
Aula de Química
  Hoje acordei bem melhor, tive bons sonhos que nem me lembro direito, mas sempre fica a sensação de que foram bons. Ah, em uma parte do sonho eu descobria, de uma forma nada convencional, que o bebê era um menino. Alguém dizia que ia fazer um exame pra saber o sexo do baby (sendo que eu não precisava fazer nada) e, de repente, chegava o resultado: um monte de sabonetes da Natura escrito "seu bebê é um menino". Que viagem! Só não tive fome hoje, sempre acordo com muita fome. Estranho.
Então, até mais :*

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Passatempo . . . Passa tempo . . .

   Essa semana fui marcar nossas próximas consultas, uma no clínico na semana que vem e outra do pré-natal na outra semana, bem no dia do niver da sua titia Gabi. Caramba, como vc se mexeu essa semana. Outro dia quando acordamos de um soninho da tarde, vc já tava bem animado, mas foi só seu pai ligar e vc deu um chutão... Você deve gostar mto mesmo dele, e não é pra menos. Ele é mto legal, ama mto a gente e adora te fazer um chamego, beijar minha barriga e falar contigo. Ele tá doido pra te ver na ultrassom e sentir vc chutando também. Apesar de todo mundo achar que vc é um menino, eu agora acho que és uma menina (só pelo tanto que vc adora o seu pai... rs). Dia desses peguei a foto da primeira ultra... achei que tinha cara de menina, tão delicada. E se for uma menina, qual vai ser seu nome? Se for menino é certo que é Miguel, mas se for menina, acho que ainda estamos em dúvida. Nem coloco as opções que cada um vem dar palpite, ai já fico brava. Mas agora me controlo e não falo pra ninguém, a não ser pro seu pai, qual minha opção pro seu nome.
   Engraçado, o tempo tá passando tão rápido, já estamos com 4 meses e quase duas semanas, falta pouco mais de quatro meses pra vc nascer... Que medo, que ansiedade. Às vezes quero que vc fique aqui dentro por mais um tempão. Se vc ficasse pequenino assim, sem que eu tenha dores nem preguiça ao extremo como  agora, seria maravilhoso. Mas sei que vc vai crescer bastante e ficar bem gordinho e minha barriga vai ficar enorme e pesada e eu vou desejar que vc nasça logo :P Espera passar as provas do Enem pra vc nascer filhote?! Mamãe precisa ir mto bem nessas provas, pra ser uma boa médica e cuidar melhor ainda de vc, e poder te dar uma vida mto boa e tudo que possa haver de bom. Eu tô indo mto bem lá no cursinho. Ainda acho que estudo mto pouco em casa, por causa do sono, mas meu rendimento não caiu em nada em relação às provas anteriores.
   Veremos o papai hoje. Que tal fazer uma surpresa e dar um chutinho pra ele?! Ele vai adorar :)
Te amo mto filhote. Fica bem :D

:**