Quantas visitas!!

sexta-feira, 29 de abril de 2011

Boletim Gestacional

   Peguei hoje os exames que fiz há duas semanas. Pelo que pude compreender, não muita coisa, não há nada grave, HIV negativo, nenhuma verminose ou parasitose, apenas alguma alteração com as hemoglobinas, o que, segundo uma rápida olhada no Google, pode significar uma Anemia. Mas isso só poderemos ter certeza quando tudo for analisado por uma profissional, no caso, a nova enfermeira que marquei no posto mais próximo de casa para a próxima semana. Dizem que ela é muito boa. Não pode ser pior do que a bruxa anterior.

 :**

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Gestação: 1° Trimestre

   Há pouco mais de um mês descobri que estou grávida. Na verdade foi apenas uma certeza, pois desconfiava desde o primeiro dia de 'atraso', mas não queria acreditar no que estava acontecendo. Tenho 18 anos e o Vitor (meu namorado e pai do meu filhote) 17. Uma gravidez já assusta qualquer um, imagine adolescentes. Fomos melhores amigos inseparáveis no último ano da escola, em 2010. Temos apenas quatro meses de namoro e, à primeira vista. parece muito pouco. Para nós já é o início da eternidade. :)
   Qualquer um diz que o que estamos vivendo "é uma ilusão, que daqui um tempo todo o encanto passará e nos deixaremos. Foi assim com nossos pais, com minha irmã mais velha e também será assim conosco". Preferimos não pensar assim, pois só nós sentimos o que sentimos, ninguém mais pode saber. Já fazíamos planos de morarmos juntos, viajar, desde o início do namoro, o que mudou é que agora vamos dar uma apressadinha nas coisas. :)
   Sobre a gestação, desde o início notei algumas modificações no meu corpo. Meus jeans ficaram todos apertados, meus seios cresceram, ficaram bem firmes e sensíveis e tive uma falta de ar terrivelmente torturante, além das frequentes oscilações de humor e comportamento. Em alguns dias cheguei a ficar triste, chorava muito e minutos depois estava bem e sorrindo, voltava a ficar triste e chorava mais ainda. E as idas ao banheiro?! Que saco!
    Pelo menos não tive enjoos. Uma vez tive um mal estar enquanto temperava um frango. O cheiro do tempero (alho e vinagre) estava muito forte. Comecei a suar frio e tremer... parei. Perfumes eu deixei de usar. Namorado, irmãs e prima também tiveram que evitá-los perto de mim. Dizem que a falta de ar e as idas ao banheiro se tornam mais frequentes à medida que avança a gravidez. Comigo tem acontecido o oposto. Assim que completei 12 semanas, equivalente aos 3 meses, a falta de ar desapareceu e as idas ao banheiro tem diminuído um pouco.
    Como ainda somos dependentes dos pais, não temos grana e estamos fazendo o Pré-Natal na rede pública. Sinceramente, é bem ruim, mas... Por enquanto é isso. Para marcar a primeira consulta foi uma odisseia. No posto próximo de casa a enfermeira responsável pelo Pré-Natal está de férias até o fim desta semana (29/04). Até aí já estaria com 3 meses e nada de médico! Em um outro posto só atendiam gravidez de alto risco. Por fim, achei um que estava 'disponível', porém, tive que chegar lá 5:30hs da manhã pra pegar uma ficha e poder ser atendida (e só são dez por dia). Fui a segunda; a enfermeira era um horror, mal olhou na minha cara e ainda preencheu meu cartão-gestante com datas erradas. Tomei uma vacina que deixou meu braço doído por três dias.
     Para fazer os exames de sangue tive que voltar ao posto no dia seguinte no mesmo horário e fui a 10ª a ser atendida. Na semana seguinte fomos fazer a ultra-sonografia. Fui pra fila do hospital as 5:20hs da manhã e fiquei na 25ª posição para o atendimento. Tive que tomar sete copos d'água e fui atendida as 9hs. Na hora do exame, Vitor não pode entrar e mais um médico nem olhou na minha cara. Mas a recompensa por todo esse 'sacrifício' foi muito boa. Pude ver nosso filhote, saber que ele existe mesmo, que está bem e saudável. Sensação muito boa. Um alívio! :D
     Esta semana me vacinei contra a gripe. Mais alguns dias com o braço dolorido. Vitor, o bebê e eu passamos um ótimo feriado de páscoa. Comi besteiras e fiquei com peso na consciência. Desde o início da gravidez tenho evitado comer frituras, gorduras, tomar refri... Mas realmente sou viciada em chocolate. Diamante Negro é como uma droga pra mim. Vi nem me deu ovo de páscoa pra evitar essas coisas, mas a geladeira ainda está recheada com essa maravilha de chocolate ao leite e flocos crocantes. Huuum... :9
      Frequento um cursinho Pré-vestibular há um mês e estou indo bem. Fui a segunda colocada no desafio de bolsas para ingressar neste curso. Errei apenas três questões no primeiro simulado de Biologia, estou aprendendo a fazer redação de verdade e finalmente consigo entender alguma coisa de Física. Meu medo é que a data do parto fique muito próxima à data do vestibular (Enem), ou até mesmo na data. Mas isso não podemos prever. :/
      O clima em casa tem sido difícil. Não falam de outra coisa a não ser de mim e do bebê. É um saco! O pior é quando falam mal da gente ou do Vitor, ainda pelas minhas costas. Fico muito mal com isso. Felizmente tenho um namorado de ouro. Sempre está do meu lado, me ajuda, melhora meu humor... tenho melhorado muito com relação a tristeza que sinto quando ouço coisas ruins sobre a gente, graças a ele. Tem sido um bom psicólogo e um ótimo companheiro.

    Até a próxima! :**

Céu no chão

"Espelho d'água"
Paraíso Tropical
Lago do Cuniã - Rondônia. Por Denny Ramos.