Quantas visitas!!

sábado, 2 de outubro de 2010

Sempre Belo *.*


Um pôr-do-Sol sempre tão belo
   Visto do Mirante, à beira rio, do portão da escola, do ponto de ônibus ou até mesmo do ônibus...
Esteja onde estiver, ao contemplar com calma (isso é importante) essa maravilha, sentirá uma sensação de leveza, mesmo em meio à paisagem urbana (como está este aqui). Uma das coisas mais belas da vida é contemplar, seja um pôr-do-Sol, o mar, o rio, uma paisagem natural, uma obra de arte, uma dança, uma música... contemplar com calma. Carpe Diem! Aproveite o dia, aproveite o momento, aproveite a Vida e o que há de melhor.


sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Um Presente

"A primavera caminha
Silenciosa e rápida
Com os pés inesperados
De Bárbara."
(Carlos Moreira)

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Enxergando o ar que respiramos

Av. Imigrantes, próximo das 18hs, Porto Velho, agosto/2010
   Agosto deve ser o pior mês para se viver, creio que não só aqui em Rondônia, mas no planeta Terra. Mês sem chuvas na região, porém, chuva de mais no Afeganistão. Também se tem por aqui  um dos maiores índices de queimadas do país. Com a baixa umidade do ar, muita gente está com dificuldades para respirar e, também, para enxergar, pois a fumaça que adentra pela noite e madrugada e nos acorda todas as manhãs torna-se cada dia mais intensa.
   Sempre que passo pela Estrada de Ferro, localizada às margens do Madeira, fico na expectativa de vislumbrar o rio. Porém, nos últimos dias o que vejo é só uma bruma espessa, uma cortina de fumaça tomando o rio inteiro. Me parece cenas de "previsões para 2050", onde rios terão secado, geleiras terão descongelado. Nesse caso (do rio Madeira), simplesmente ao invés do rio, vemos só uma "parede" cinza.
   Ao sair da escola, às 18hs, geralmente contemplava um belo pôr-do-sol. Aquele Sol bem laranja, na verdade rosa-pink, bem florescente. Ontem, vi o pôr-do-sol mais sem graça de toda minha vida, o Sol mais apagado que se poderia ver, tomado pela nuvem de fumaça. É realmente muito incômodo a falta de visibilidade na cidade.
   Há casos em que queimadas são geradas "espontaneamente", pela baixa umidade do ar, folhas e clima secos, que fazem tudo pegar fogo num piscar de olhos, como anualmente ocorre na Califórnia, EUA. Em Rondônia, duvido muito que seja esse o caso. A impressão que tenho é que a região de minha casa é a mais atingida pela fumaça, pois onde fica a escola que frequento, não me parece tão horrível assim, apesar do pôr-do-sol apagadinho.
   Em Moscou, os russos estão vivendo o verão mais rigoroso dos últimos 80 anos. A amplitude térmica já variou de 65ºC este ano. Em janeiro foram registrados 26ºC negativos, em contrapartida, já houve registros de 39ºC no mês de agosto. Além disso, ainda há, também na Rússia, uma camada espessa de fumaça tóxica vinda de incêndios florestais, tendo ligação com os efeitos do Aquecimento Global.
   O fato é que, ainda estamos na metade do mês. Ouvi boatos de que a situação tende a piorar. Ontem mesmo vi pessoas andando com máscaras pelo centro da cidade, lembrando de uma cena comum nos telejornais do ano passado, onde pessoas no mundo inteiro estavam desesperadas com uma nova gripe, letal e de fácil contágio.
   Espero realmente que esse mês desgraçado passe logo, levando consigo suas queimadas, nuvens de fumaça, calor, baixa umidade do ar, escassez de chuvas e tudo o que um clima/tempo/ambiente pode ter de ruim. É muito mais cômodo respirar um ar invisível (não fumacento)e vislumbrar um pôs-do-sol lindo e brilhante às margens do rio Madeira.  :)

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Coisas que se faz pelos amigos

Dormir no colchão no chão pra sua amiga dormir na sua cama, usar o tênis dela (que fica apertado no seu pé) só pra ela experimentar o seu All Star novo, levantar de madrugada para acompanhá-la ao banheiro ou beber água, aceitar músicas que vc nem curte muito no seu pen drive só para agradá-la, se deslocar até a cidade dela (e passar seis horas num ônibus), passar um frio desgraçado só pra fazer programas caseiros com ela, como assistir filmes drama e comédia romântica, comer crepe tomar milk shake, tomar ducha gelada no frio, exceder um dia da viagem para acompanhá-la na escola (em plenas férias) e ainda ficar quatro horas e meia esperando acabar a aula na biblioteca... Pois é, tudo isso e muito mais, por vc amiga, eu faria mil vezes!!!
Feliz dia do Amigo, um dia depois :)

terça-feira, 20 de julho de 2010

Babs em ação

Segunda-feira, 19 de julho de 2010, Ji-Paraná, Rondônia. Começo realmente a dar início ao Blog, Babs ;)
Estou em Jipa, em visita a minha amiga, Bárbara, que está aqui há um ano. Estudamos juntas o 1° e a metade do 2° ano de Ensino Médio, em Porto Velho.
Seguindo uma linha Machadiana, explico alguns porquês:
Do título: queria um apelido menos comum entre os que tenho. Ultimamente, na escola recebi vários, tais como Barbarela, agora mais difundido, Barbarinha, pelo melhor professor de Literatura; Barbarete, pela melhor e mais fera professora de Biologia da Biosfera; por fim, Babsbela, pelo meu melhor amigo.
Esse é um nome que só ele usa comigo, talvez não concorde com o aparecimento público e peça direitos autorais :P Coincidência com o Blog de minha irmã, Gabi, a qual me inspirou a criar este Blog. O dela se intitula Gabis. Gabis e Babs ou Gabriela e Barbarela, dupla perfeita.
Do Blog: Primeiro: já havia criado um, mas por falta de ideias e criatividade, o abandonei. Segundo: minha irmã, já citada, ao criar o seu, me inspirou a criar tbm. Sempre criativa, ela ilustra seu Gabs com seus próprios desenhos (ela é a melhor desenhista que conheço), já o meu, bem... fico com as fotos. Terceiro: lembrei que há algum tempo meu namorado me sugeriu criar uma página para publicar textos, tal como ele fazia com seus poemas, mas a desculpa foi a mesma: sem ideias! Mas agora, finalmente deixei o "conta-gotas" de lado e cá estou eu.
Como já exposto, não tenho muita experiência com esta ferramenta, já um tanto antiga, mas que para mim chega a ser novidade. Sou um tanto receosa com as novidades, ainda não tenho Twitter, Facebook, Formspring... Por que, eu não sei, talvez por preguiça ou falta de criatividade mesmo. Nada que com um tempo mude.
Bem, nesse fim de semana passamos um frio meio inesperado. Assim que cheguei em Jipa devia fazer uns 15°C ou menos. Nem em POA (Porto Alegre) passei tanto frio como em Ji-Paraná, só pra rimar :P O melhor foi passar o sábado tremendo debaixo das cobertas, assistindo filme, ir ao cinema com quatro camadas de roupa (dois agasalhos), comer o crepe mais maravilhoso que só existe no Beagá e, no dia seguinte, ainda bem frio por aqui, ir ao Mil-Milk Shakes, onde vc inventa o MS que quiser, misturando os mais diversos sabores: sonho de valsa, torta de limão, goiaba, açaí, neston, napolitano, floresta negra, manga, amendoim, ameixa.... o que vc imaginar, e o melhor: em maior quantidade, pelo mesmo preço que um do Bobs :P
Enfim, estou prestes a me despedir dessa pequena cidade, deixando registrado aqui o primeiro post do Babs. Um beijão e até breve. Em pouco mais de Seis horas estarei de volta  minha Porto Velho, não muito querida, autenticando o Babsbela. :)